Ir para o conteúdo

Inspeção de Recebimento

Conhecer o Processo

O que é?

É uma forma de avaliar as peças e serviços dos fornecedores, através de um roteiro de inspeção previamente cadastrado.

Para que Serve?

Serve para avaliar inspecionar a qualidade de produção de determinados fornecedores e também é utilizado no cálculo da avaliação do fornecedor, influencia diretamente no índice de qualificação do fornecedor.

Sempre que lançada uma nota de entrada e ou um aviso de recebimento, conforme parametrizações, de um item que possua inspeção em recebimento o sistema irá gerar uma ordem de inspeção, que deverá ser liberada e impressa para o controle de qualidade realizar a conferencia das peças conforme roteiro de inspeção, que foi previamente cadastrado, este irá rejeitar e ou aprovar o lote de peças dependendo do número de peças conforme e ou inconforme. O resultado desta inspeção irá influenciar na avaliação do fornecedor.

Roteiro de Implantação

Parâmetros

Os parâmetros podem ser definidos por usuário e por empresa. Através deles, é possível definir o modelo a ser usado pela empresa e pelo uso ou não de determinadas ferramentas.

Os parâmetros necessários para a inspeção de recebimento encontram-se nas seguintes pastas:

Parâmetros de Inspeção de Recebimento (FUTL0125 INSP INSP)

Parâmetros de Inspeção de Recebimento

1 - Almoxarifado De Inspeção

Código do Almoxarifado que será transferido como default na inclusão de Roteiros de Inspeção dos itens. O campo Localização do Almoxarifado deve ser igual a "Inspeção".

2 - Almoxarifado De Rejeição

Código do Almoxarifado que será transferido o estoque dos itens rejeitados pela inspeção. O campo Localização do Almoxarifado deve ser igual a Rejeição.

3 - Permite Alterar A Forma De Apontamento

Permite alterar a forma de apontamento no momento em que os apontamentos estão sendo realizados: S / N

4 - Permite Alterar O Apontamento Pelo Mesmo Usuário

Permite que os apontamentos de inspeção do processo sejam alterados pelo mesmo usuário que realizou os apontamentos: S / N

5 - Permitir A Alteração Do Tipo De Classificação Nos Cad. Item X For

Indica se será permitido informar o tipo de classificação nos cadastros de itens x fornecedor pelo usuário, ou se a classificação será gerada automaticamente na entrada da nota.: S / N

6 - Tipo De Frequência Padrão Para Cadastro De Frequências

Tipo de Frequência padrão para cadastro de frequências: geralmente utilizado I - Item.

8 - Indicador De Geração De Ordem Para Itens Fora Da Frequência

Indica se serão geradas ordens de inspeção para itens mesmo que estes não estejam no skip que indique a necessidade da geração da ordem.

10 - Permite Aprovar As Ordens De Inspeção Sem Fazer Apontamentos

Indica se na manutenção de ordens de inspeção é possível fazer a aprovação sem fazer apontamentos.

O campo Tipo Freq. é utilizado para definir o tipo de frequência a ser cadastrado. Este campo é apenas informativo, não podendo ser alterado. O valor que o mesmo irá assumir será o mesmo cadastrado para o parâmetro de tipo de frequência padrão, nos parâmetros da inspeção de recebimento. Os tipos de frequência podem ser:

I - Item,

CT - Classificação da Inspeção e Tipo de Mercado,

CI - Classificação do Item.

Conforme o tipo de frequência, o programa exibe os campos para informar os valores a serem cadastrados.

11 - Geração Do Código Da Inspeção De Recebimento

Define como será gerado o código de inspeção de recebimento:

S - Sequence

L - Lote

12 - Classificação Default No Cadastro De Item X Fornecedor

Em caso de resposta com valor, o cadastro assume automaticamente o campo Tipo de Classificação com o valor e a Data Clas com a data atual.

Quando a resposta for "Não", não assumirá nenhum valor automaticamente.

13 - Cria Roteiro No Momento Da Geração Da Ordem

Indica se o roteiro será criado no momento da geração da ordem de inspeção quando uma nota é cadastrada.

14 - Endereços De E-Mail Com Aviso De Inspeção De Processo

Cadastro de e-mail das pessoas que recebem e-mail quando um item de serviço da NFE tem inspeção de processo na ordem de Produção.

15 - Realiza Inspeção De Recebimento A Partir Do Aviso De Recebimento

Indica se a Inspeção de Recebimento será gerada a partir do Aviso de Recebimento ou da NFE.

16 - Caminho Do Arquivo Txt Que Será Gerado Pelo Programa Fins0313

Define o caminho e o arquivo .txt que será gerado através da exportação de dados das inspeções pelo programa FINS0313. Exemplo: C:\INSP.TXT.

17 - Caminho Do Arquivo Xls Que Será Gerado Pelo Programa Fins0313

Define o caminho e o arquivo do Excel que será aberto com as informações exportadas pelo programa FINS0313.

Exemplo

C:\INSP.XLS.

Observação

É necessário ter o software Excel instalado na estação.

18 - Informar Quantidade Etiqueta Na Impressao.

No programa FINS0304, poder informar a quantidade que será impressa na etiqueta. A quantidade informada apenas será impressa, não sendo registrada no sistema.

19 - Ordem De Visualização Da Ordem De Inspeção De Recebimento

Nos programas FINS0202 e FINS0309, ordenar pela sequência de inspeção (S) e ou pelo código de inspeção (C).

21 - Mantêm As Inspeções Ao Cancelar O Aviso De Recebimento

Ao cancelar o aviso de recebimento, exclui a inspeção associada a este.

Cadastros Auxiliares

Antes de iniciar a utilização do processo de inspeção de recebimento os seguintes cadastros auxiliares devem ser realizados no FoccoERP, conforme a necessidade da empresa.

Cadastro de Itens (FITE0200) - Pasta Engenharia

Todos os itens que sofrerão inspeção no recebimento devem ter marcado o checkbox Inspeção, da pasta Engenharia, do Cadastro do Item.

Cadastro de Almoxarifados (FITE0103)

Cadastrar os almoxarifados de inspeção e rejeição, indicando no campo Localização.

Cadastro de Grupos de Instrumentos (FENG0121 SUP)

Definir os grupos de instrumentos que serão utilizados no Cadastro de Instrumentos (FENG0118 SUP).

Exemplo

1 Trenas;

2 Paquímetros;

3 Micrometros Externos.

Cadastro de Instrumentos (FENG0118 SUP)

Cadastrar os instrumentos que serão utilizados para inspecionar o recebimento das mercadorias, por grupos definidos no cadastro (FENG0121_SUP) indicando a localização (setor em que o instrumento se encontra) do mesmo.

Cadastro do Tipo de Amostra (FENG0120 SUP)

Define a quantidade de itens a serem inspecionados e o critério de aprovação (rejeição). A quantidade final nunca pode ser igual a quantidade inicial, portanto, deve-se cadastrar como exemplo a amostra inicial com quantidade 0 e a quantidade final 0,99, para a próxima amostra ter quantidade inicial 1. Será utilizado no Cadastro do Roteiro de Inspeção de Recebimento (FINS0200).

Cadastro de Normas (FENG0122 SUP)

Cadastrar os tipo de normas que a empresa possui, exemplo ISO9001.

Cadastro de Tipos de Inspeção (FENG0119 SUP)

Consiste em fazer o cadastro/manutenção dos tipos de inspeção que o roteiro do item pode ter. Será utilizado no programa Cadastro de Frequência de Inspeção (FINS0204).

Exemplo

Comprimento, espessura, peso, etc.

Uma inspeção pode ser específica ao Recebimento, ao Processo ou pode servir para ambos.

Na Forma de Apontamento, deve ser informado:

  • Todas as medições: obriga o apontamento de todas as inspeções do roteiro de inspeção, indicar SIM para apontamento;

  • Por intervalo (um): solicita o menor valor encontrado e o maior valor encontrado na inspeção;

  • Por intervalo (vários); solicita os menores e maiores valores encontrados, respeitando a quantidade de itens inspecionados (amostra);

  • Status Aprova/Reprova: não solicita valores, apenas se a inspeção está aprovada ou reprovada (normalmente utilizada para inspeções por atributo).

Cadastro de Tipos de Armazenamento (FINS0101)

Consistem em fazer cadastro/manutenção dos tipos de armazenamento, ou seja, o tipo de armazenamento que o item deve ter no momento da inspeção.

Exemplo

Guardar em local refrigerado.

Cadastro de Tipos Manuseio (FINS0102)

Consiste em fazer o cadastro/manutenção dos tipos de manuseio, ou seja, a forma como o item deve ser manuseado durante a inspeção

Exemplo

Manusear com luvas e manusear com mascará de proteção.

Cadastro de Tipos de Ocorrências (FINS0105)

O cadastro de tipos de ocorrências será utilizado no cadastro de ocorrências (FINS0106).

E pode ser considerado no cálculo do IQF (índice de qualificação de Fornecedores), bastando para isso cadastrar o intervalo para a avaliação de fornecedores no botão (Interv. Aval. Fornec).

Cadastro de Layouts de Ocorrências (FINS0107)

Caso o tipo de ocorrência tenha o checkbox E-mail marcado, o campo Layout da Ocorrência será habilitado e seu preenchimento é obrigatório. Neste cadastro é possível, então, cadastrar este layout para o envio da ocorrência por e-mail, que é o assunto e o texto padrão para o envio do e-mail.

Para cadastrar o texto a ser enviado por e-mail. Este texto possui as seguintes palavras chaves:

contato : contato do fornecedor, o primeiro do ranking,

fornecedor : descrição do fornecedor,

não conformidade : descrição da não conformidade,

disposição : descrição da disposição,

ações : descrição da verificação das ações,

fechamento : descrição do fechamento.

As palavras chaves serão substituídas no programa que faz o envio do e-mail e devem ser incluídas no texto entre sinais de maior e menor.

Exemplo de texto padrão:

Sr. (a), representante do

Comunicamos que na inspeção de recebimento detectamos e comunicamos a , após .

Diante do exposto, informamos o .

Atenciosamente.

Gerente da Qualidade.

Cadastro de Tipos de Classificação (FINS0104)

O cadastro de tipos de classificação serve para cadastrar tipos de classificação que o item no fornecedor pode assumir.

Exemplo

Classificação A, B, C.

O campo Ranking é usado para informar o ranking da classificação, pois sempre que ocorrer mudança de classificação e tiver duas situações de mudança será respeitado o ranking informado.

Para entender melhor este procedimento, verificar o cadastro de Mudança de Classificação a seguir.

Cadastro de Mudança de Classificação (FINS0205)

O cadastro de mudança de classificação serve para informar a classificação origem e a classificação destino para ocorrer mudança de classificação do fornecedor na entrada da nota.

Na Inspeção do Recebimento é possível determinar diferentes amostragens para o mesmo item, mas com fornecedores distintos (cada fornecedor tem a sua qualidade).

Pode ser parametrizado para que se o Fornecedor for "Classe A" a inspeção será "Suave", se for "Classe B" "Média" e C "Rigorosa".

Nos casos em que não há divergência nas inspeções, com o tempo, o sistema eleva o fornecedor de C para B. Também, se houver aumento nas divergências o fornecedor passa de B para C.

Cadastro de Tratamento de Não Conformidades (FINS0103)

Cadastrar os tratamentos de não conformidades, ou seja, o tratamento que o item deverá ter quando for rejeitado. Quando é realizada uma inspeção e o item for rejeitado este é transferido para o almoxarifado de rejeição e sofrerá algum tratamento que será cadastrado neste programa.

O tratamento é informativo, ou seja, não existe nenhum processo gerado automaticamente pelo sistema.

Exemplo

Se o tratamento de não conformidade for fazer Reinspeção, o usuário deverá se encarregar de fazer a reinspeção, ou seja, nenhum processo é disparado automaticamente.

Cadastro de Frequência de Inspeção (FINS0204)

O cadastro de frequência de inspeção é utilizado para cadastrar frequências nas quais deve ocorrer a inspeção nos itens recebidos.

Depende da resposta do parâmetro: "6 - Tipo De Frequência Padrão Para Cadastro De Frequências".

Cadastro de Frequência do Item por Fornecedor (FINS0109)

Cadastrar frequências dos itens por fornecedor.

Cadastro de tipos de Roteiro de Inspeção (FINS0211)

Cadastrar os tipos de roteiros de inspeção que serão cadastrados no programa Cadastro do Roteiro de Inspeção de Recebimento (FINS0200).

Exemplo

Padrão, Especial e Exclusivo.

Cadastro de Exceções (FAVF0102 INS)

Cadastrar as exceções de inspeção de recebimento. Quando o item da nota pertencer a alguma exceção ele não sofrerá inspeção.

Sempre que houver um tipo de nota que não se deseja fazer a inspeção na entrada deve-se declarar.

Exemplo

Devolução de venda. Define-se que não será feito a inspeção de recebimento de um item que você fabrica

Cadastro do Roteiro de Inspeção de Recebimento (FINS0200)

Cadastrar o roteiro de inspeção para os itens conforme desejado, lembrando que somente os itens que possuírem marcado o checkbox Inspeção, da pasta Engenharia, sofrerão o processo.

Passo a Passo

Passo a Passo

Todo o processo de Avaliação de Fornecedores do FoccoERP será explicado passo a passo a seguir:

Passo 1: Cadastro do Aviso de Recebimento (FAVR0200)

Ao cadastrar o aviso de recebimento, caso o parâmetro "15 - Realiza Inspeção De Recebimento A Partir Do Aviso De Recebimento", dos parâmetros da inspeção de recebimento, estiver respondido como "S", serão geradas ordens de inspeção de recebimento no programa Manutenção das Ordens de Inspeções (FINS0201) para os itens que possuem marcado o checkbox Inspeção. Se estiver respondido como "N" a ordem de inspeção só será gerada ao cadastrar a nota fiscal de entrada.

Passo 2: Manutenção de Nota Fiscal de Entrada (FREC0200)

Ao cadastrar a nota fiscal de entrada, caso o parâmetro "15 - Realiza Inspeção De Recebimento A Partir Do Aviso De Recebimento", dos parâmetros da inspeção de recebimento, estiver respondido como "N", a ordem de inspeção de recebimento será gerada no programa Manutenção das Ordens de Inspeções (FINS0201) para os itens que possuem marcado o checkbox Inspeção.

Ao salvar a nota de entrada, para os itens que possuem Inspeção o sistema irá verificar se estes itens ou a classificação destes possuem um Roteiro de Inspeção cadastrado, através do Cadastro do Roteiro de Inspeção (FINS0200), e caso não tenha, exibe uma mensagem de alerta e continua o processo de criação da ordem de inspeção.

Importante

O roteiro deve estar com data de validade superior a data atual.

Passo 3: Manutenção das Ordens de Inspeções (FINS0201)

Mostra todas as ordens que podem ser inspecionadas ou analisadas que foram geradas a partir do aviso de recebimento ou da entrega da nota de entrada. Esta distinção pode ser observada na coluna N/A, onde N é nota de entrada e A é aviso de recebimento, respeitando os parâmetros de seleção. O número da ordem é gerado quando informados os itens da nota de entrada ou do aviso de recebimento (conforme parametrização do sistema).

As ordens já finalizadas não serão mostradas.

Se o parâmetro do sistema "Permite aprovar as ordens de inspeção sem fazer apontamentos" estiver com resposta "S" será exibido na tela um checkbox ao lado da ordem de inspeção e o botão Aprovar ao lado do botão Análise. Esta opção permite que as ordens selecionadas possam ser aprovadas automaticamente. Se o parâmetro estiver com resposta "N" estas opções não serão exibidas e a quantidade exibida nos dados da inspeção pode ser alterada, gerando uma inspeção parcial.

Passo 4: Cadastro dos Apontamentos das Inspeções (FINS0202)

Utilizado para realizar os apontamentos das inspeções que foram realizadas.

Passo 5: Análise das Inspeções (FINS0203)

Após realizar o apontamento das inspeções é necessário fazer a análise das ordens reprovadas, permitindo aprovar parte ou toda quantidade recebida. É neste momento que se informa o tratamento da não conformidade. Esta informação pode ir para a Avaliação de Fornecedores. A análise das inspeções é usada para aprovar uma quantidade reprovada pela inspeção ou dar um destino para a quantidade não conforme.

Assim que fizer análise o campo Data da Análise será preenchido e desta forma não será possível fazer alterações.

As quantidades conformes ou aprovadas com restrição irão para o almoxarifado normal do item.

As quantidades rejeitadas e consertos irão para o almoxarifado de rejeição, cadastrado nos parâmetros do módulo de Inspeção de Recebimento. Após deverá ser feita a transferência manual de estoques.

Todo o tratamento de não conformidade possui uma ação. Esta ação poderá ter uma nota no módulo da avaliação de fornecedores.

Passo 6: Cadastro de Ocorrências (FINS0106)

Programa utilizado para cadastrar ocorrências para itens na inspeção. Também poderá ser utilizado para a avaliação de fornecedores no cálculo do IQF.

Passo 7: Exclusão de Ordens de Inspeção (FINS0206)

Programa utilizado para excluir as ordens de inspeção geradas, caso a mesma já tenha sido apontada só poderá ser excluída caso o período de movimentações não esteja fechado.

Passo 8: Manutenção de Inspeções Parciais (FINS0207)

Na entrada da nota fiscal de entrada (ou do Aviso de Recebimento), sempre será gerado um único número de ordem de inspeção com sequência 1. Neste programa, uma ordem de inspeção pode ser dividida em várias inspeções parciais, cuja quantidade rejeitada ou quantidade conserto ou quantidade aprovada com restrição for igual a quantidade original (recebida).

Passo 9: Cópia de Roteiro de Inspeção (FINS0210)

Utilizado para realizar a cópia do roteiro de inspeção de um item ou de uma classificação existente para um item ou uma classificação de itens que não possui roteiro de inspeção cadastrado.

Passo 10: Geração de Ordens de Inspeção (FINS0212)

Utilizado para gerar ordens de inspeções manuais (sem que as mesmas sejam geradas pelo aviso de recebimento ou na nota de entrada).

Passo 11: Etiquetas de Inspeção do Recebimento (FINS0304)

Imprime etiquetas de ordens de inspeção conforme layout específico de cada cliente (o mesmo deve ser customizado). Somente serão impressas etiquetas de ordens de inspeção finalizadas (tanto as aprovadas quanto as rejeitadas).

Passo 12: Consulta de Ordens de Inspeção (FINS0400)

Utilizado para consultar na tela as ordens de inspeções de recebimento.

Passo 13: Consulta de Inspeções de Recebimento (FINS0313)

Gera um relatório em Excel com os dados das inspeções.

Passo 14: Consulta Ocorrências (CINS0400)

Utilizada para consultar as ocorrências cadastradas no programa Cadastro de Ocorrências (FINS0106).

Passo 15: Relatório do Roteiro de Inspeção (FINS0300)

Este programa possibilita consultar o roteiro de inspeção mostrando todos os seus detalhes. O roteiro de inspeção pode ser por item ou por qualquer nível da classificação de suprimentos. Não existe roteiro com essas duas informações. Existe no relatório as opções de listar somente os roteiros por: Classificação, Item ou Ambos.

Passo 16: Relatório da Ordem de Inspeção (FINS0302)

Este programa possibilita listar todo o roteiro a ser inspecionado conforme a ordem de inspeção. Sempre que a inspeção for do tipo atributos terá um checkbox para escolher qual o atributo encontrado na inspeção. Este relatório será sempre por item, pois, uma ordem de inspeção se refere a um item de nota de entrada.

Passo 17: Relatório dos Resultados da Inspeção (